Tecnologia em Metalurgia, Materiais e Mineração
https://www.tecnologiammm.com.br/doi/10.4322/2176-1523.20191878
Tecnologia em Metalurgia, Materiais e Mineração
Artigo Original

PELOTIZAÇÃO DO PÓ DE ACIARIA ELÉTRICA PARA OBTENÇÃO DE CONCENTRADO DE ZINCO EM FORNO WAELZ

PELLETIZING OF ELECTRIC ARC FURNACE DUST FOR OBTAIN ZINC CONCENTRATE IN WAELZ OVEN

Larissa Virgínia Queiroz Fagundes, Evandro Moraes da Gama, Luiz Henrique de Oliveira Martins, Roberto Galéry, Fabiana Maria Teixeira, Éder Lucio de Castro Martins

Downloads: 0
Views: 62

Resumo

O presente trabalho teve por objetivo o estudo da pelotização do pó de aciaria elétrica (PAE), resíduo obtido na produção de aço através do forno elétrico a arco, como carga para forno Waelz, para obtenção de concentrado de zinco. Para caracterização do PAE foram realizadas análises granulométricas, análise química e análise mineralógica. Os resultados das análises granulométricas mostram grande heterogeneidade granulométrica, devido ao alto grau higroscópico do material que, na presença de umidade, tende a aglomerar. As análises química e mineralógica mostraram predominância de minerais de ferro e zinco. O PAE foi submetido a aglomeração a frio em disco pelotizador. Para determinação da resistência mecânica das pelotas, foram realizados ensaios de compressão uniaxial e drop number. Os resultados de resistência foram promissores e acima dos padrões inicialmente estabelecidos. Testes em forno piloto Waelz foram realizados para medir o impacto do uso das pelotas no processo. Os resultados dos testes em forno piloto também foram animadores, apontando para uma diminuição de acreção sem impactar no rendimento médio do zinco.

Palavras-chave

Pó de aciaria elétrica (PAE); Pelotização; Forno Waelz.

Abstract

The objective of the present work was to study the pelletizing of electric arc furnace dust, the residue obtained in the production of steel through the electric arc furnace, as a load for Waelz furnace, to obtain zinc concentrate. To characterize the dust, granulometric analysis, chemical analysis and mineralogical analysis were performed. The results of the granulometric analysis show a great granulometric heterogeneity due to the high hygroscopic degree of the material that, in the presence of moisture, tends to agglomerate. The chemical and mineralogical analyzes showed predominance of iron and zinc minerals. The PAE was subjected to cold agglomeration in disc pelletizing. To determine the mechanical strength of the pellets, uniaxial compression and drop number tests were performed. The resistance results were promising and above the standards initially established. Waelz pilot kiln tests were performed to measure the impact of pellet use in the process. The results of the pilot kiln tests were also encouraging, pointing to a decrease in accretion without impacting the average yield of zinc.

Keywords

Electric arc furnace dust; Pelletizing; Waelz Oven.

Referências

1 Worldsteel Association [página da internet]. World steel in figures 2019 [acesso em 12 ago 2019]. Disponível em: https://www.worldsteel.org/en/dam/jcr:96d7a585-e6b2-4d63-b943-4cd9ab621a91/World%2520Steel%2520in%25 20Figures%25202019.pdf

2 Telles V, Junca E, Rodrigues GF, Espinosa DCR, Tenório JAS. Utilização da poeira de aciaria elétrica na sinterização de minério de ferro: influência da granulometria. In: Anais do 19° Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais – CBECiMat; 2010 nov; Campos do Jordão, Brazil. São Paulo: editora. p. 7380-7387.

3 Teo YY, Lee HS, Low YC, Choong SW. Hydrometallurgical extraction of zinc and iron from electric arc furnace dust (EAFD) using hydrochloric acid. Journal of Physiological Sciences. 2018;29(3):49-54.

4 Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 10004: Resíduos Sólidos - classificação. Rio de Janeiro: ABNT; 2004.

5 Zhiwei P, Lin X, Yan J, Hwang J-Y. Characterization of low – zinc electric arc furnace dust. In: Ikhmayies S, Bowen L, Carpenter JS, Li J, Hwang J-Y, Monteiro SN, et al. Characterization of minerals, metals and materials. USA: Springer; 2017. p. 103-109.

6 Votorantim Metais. Adequação da qualidade das pelotas. Desenvolvimento tecnológico. Juiz de Fora: Votorantim Metais; 2017. 21 p.

7 Votorantim Metais. Resultados dos testes no forno Waelz. Desenvolvimento tecnológico. Juiz de Fora: Votorantim Metais; 2017. 11 p.

8 Haver & Boecker. Testes disco pelotizador Scarabeus. Pedro Leopoldo: Engenharia, Gerência de Engenharia - Documentos internos; 2017. 25 p.

9 Laboratório de Geotecnologia e Geomateriais da UFMG. Relatório final. Belo Horizonte: Centro de Produção Sustentável; 2017. 46 p.

5de947090e8825041ae31d41 tmm Articles
Links & Downloads

Tecnol. Metal. Mater. Min.

Share this page
Page Sections